Cerveja Equilibrada. O que é isso?

Antes de mais nada, é preciso definir o que é uma cerveja equilibrada. Uma cerveja equilibrada é aquela que sensorialmente vai conseguir ter uma relação entre amargor e dulçor harmônica. Ok mas porque algumas cervejas são excessivamente amargas e outras excessivamente doces se a gente vive falando em equilíbrio?

Acredite, para cada estilo que existe, essa ideia de equilibrio é bem relativa. Na verdade algumas cervejas são naturalmente mais “desiquilibradas” (por assim dizer) do que outras. E não, isso não é defeito, é uma característica do estilo.

Falei sobre isso em um vídeo no youtube comparando APA e American IPA. Na ocasião falei que a IPA possui maior intensidade do que a APA, intensidade no amargor, no teor alcoólico. E essa intensidade causa um certo “desequilíbrio”, se a gente for comparar com a APA.

Muita gente prefere usar o termo “equilíbro para malte” ou “equilibrio para o lúpulo”. Particularmente eu entendo equilíbrio como o meio entre as duas partes. Não gosto de usar um termo que faz equilíbrio para um lado ou para o outro, quando uma cerveja mais para malte ou mais para lúpulo eu prefiro dizer que ela é desequilibrada (mesmo que seja característica do estilo). Aliás pessoal, é bom ficar claro isso, estamos tratando de um “desequilibrio” correto, e não um desequilíbrio desproporcional, ok?

Bom, dito isso, vamos entender como isso se traduz na realidade. Uma APA tem amargor, mas tem maltado, quase que numa mesma proporção, e isso é traduzido pela razão BU:GU.

Cada estilo de cerveja possui essa razão numa faixa ideal e para isso vamos precisar de um gráfico bem simples que aponta qual é essa faixa:

fonte: homebrewmanual.com/beer-bitterness-ratios

Note nesse gráfico que, quanto mais à direita a marcação em verde, mais amarga a cerveja é. Em contrapartida, quanto mais à esquerda, mais doce. Essa razão BU:GU é que irá determinar a relação entre o amargor e a densidade de uma cerveja. Ou seja, quanto mais IBU uma cerveja tem, uma maior base maltada é necessária pra acompanhar esse amargor e tornar a cerveja mais equilibrada.

Porém é importante entender que, não necessariamente, quanto maior o IBU, mais ao lado direito da tabela temos que ir para encontrar a melhor razão BU:GU.

É como disse lá no começo, cada estilo vai pedir um resultado sensorial que poderá ser totalmente equilibrado ou não.

Por exemplo, uma Imperial IPA com 70 IBUs vai trabalhar com uma razão 1,13, já uma Russian Imperial Stout, com os mesmos 70 IBUs, vai preferir 0,74.

Então perceba que a questão do equilibrio é extremamente relativa e está totalmente relacionada ao estilo da cerveja e toda sua carga sensorial, e não exatamente à sua necessidade de “cobrir” um amargor alto. Se assim fosse, todas as cervejas sensorialmente seriam como uma APA (no sentido amargor x dulçor) e não é esse o objetivo final de se produzir uma cerveja, mas conseguir fazer com que as matérias-primas se correlacionem de uma forma que possamos produzir resultados satisfatórios considerando o estilo (uma RIS mesmo que com um IBU alto precisa de um dulçor de malte cobrindo esse lupulado, já uma Imperial IPA vai precisar de um amargor mais pungente se sobressaindo ao maltado).

Apesar de parecer preocupante no começo ter que se atentar à tabela de razão BU:GU, a boa notícia é que, se você for produzir uma cerveja levando à risca as diretizes do BJCP, muito provavelmente sua cerveja já estará equilibrada.

Por isso, a grande aventura de brincar com uma receita despretenciosa, sem se importar com um guia, pode ser empolgante mas, ao mesmo tempo, perigosa. O resultado pode sair de excepecional para intragável por pequenos erros.

Minha dica para não errar e também não ficar preocupado em fazer cálculos para acertar no equilibrio é utilizar os softwares de produção, como o Brewfather, que já mostram exatamente qual a razão BU:GU correta para sua receita:

Exemplo de uma Session IPA equilibrada, segundo o Brewfather

Caso você ainda não tenha se preocupado com o equilíbrio de sua cerveja, comece já. Você vai se supreender com o resultado e a melhora de suas receitas!

Então bora começar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: